O sono da Mariana

Mariana era uma recém nascida tão tranquila, que parecia mentira. Quase não chorava, dormia no carrinho ao lado da minha cama. Eu amamentava sempre que ela demonstrava que queria, em livre demanda. Ficava muito tempo com ela no colo, embalando e curtindo a pequena. Logo ela entrou num ritmo e mamava a cada 2 ou 3 horas. Entre as mamadas era um cocô e uma soneca, fosse dia ou fosse noite.

Com 1 mês de vida eu comecei a coloca-la para dormir no quarto dela e funcionou muito bem. Se ela resmungava eu ouvia, pegava e ia amamentar na sala. Nesses dias o discovery chanel foi meu parceiro de madrugada. kkkk Assistia muita coisa legal e me mantinha acordada. Se eu amamentasse na minha cama, sem a TV, eu cochilava com ela nos braços.  Continue lendo

Dificuldades na amamentação: onde procurar ajuda

Quando passamos por dificuldades na amamentação ficamos cheias de dúvidas e inseguranças. Cada pessoa perto da gente diz uma coisa, ouvimos tantos palpites e sugestões e a confusão só piora. Por isso eu vim compartilhar com vocês algumas dicas de onde pedir ajuda, através da web e presencialmente, em Curitiba. Continue lendo

Minha experiência de amamentação: quando leite demais é um problema

Na minha gestação a primeira mudança no meu corpo foram os seios. Começaram a crescer e eu perdi todos os meus sutiãs. No final da gestação eles já tinham triplicado de tamanho, sem exagero. Talvez por isso eu alimentava em mim a certeza de que eu conseguiria amamentar. Minha mãe amamentou bastante também e me contava que tinha muito leite.

Continue lendo